Aneurisma

Aneurisma é a dilatação anormal das artérias, podendo ou não se romper. Eles podem acontecer em qualquer artéria do corpo seja no cérebro, coração, abdômen ou rim. Sendo que quando ocorrem no cérebro ou na aorta torácica e abdominal há maior risco de mortalidade.

CAUSA

Com surgimento devido o enfraquecimento ou defeito da parede arterial, o aneurisma pode ser desenvolvido ainda no período de gestação do feto ou ao longo da vida por influência de fatores como tabagismo, hipertensão ou traumas.

SINTOMAS

Pequenos aneurismas podem ser assintomáticos. Ao crescer comprimem a estrutura ao redor e provocam sintomas que podem variar de acordo com a área afetada. A intensidade dos sintomas varia de acordo com o tamanho e extensão do sangramento.

Sendo mais comum, dor de cabeça, náusea, vômitos, perda da consciência, dor forte no abdômen ou nas costas, frequência cardíaca acelerada, queda de pressão e choque hemorrágico.

FATORES DE RISCO

O fumo e pressão alta não controlada são os dois principais fatores de risco para a ruptura de um aneurisma.  Pois aumentam o risco de fragilidade das artérias assim como síndromes renais policísticas, de Marfan e de Ehler Danlos.

Homens têm mais propensão de ter aneurismas, além disso, histórico familiar, idade, colesterol elevado, obesidade e doenças ateroscleróticas pré-existentes são fatores de risco.

TRATAMENTO

O tratamento de aneurisma deve ser escolhido após análise médica pelo profissional especialista e o pacientes.

São mais comuns procedimentos médicos com stent, clipagem e embolização, para dar suporte à estrutura. Em casos mais simples podem ser usados medicamentos como anticoagulantes e nos casos mais complexos é indicada a cirurgia como bypass vascular.

Open chat
Contato